Funcesp tem rentabilidade de 4,57% no primeiro semestre

RIO DE JANEIRO - Resultado é 2,40 pontos percentuais acima da meta atuarial de 2,17% para o período.

A Funcesp (maior fundo de pensão patrocinado por empresas privadas do País) atingiu nos primeiros seis meses de 2017 rentabilidade de 4,57%, mais do que o dobro da meta atuarial para o período, estipulada em 2,17%. Em junho, a rentabilidade foi de 0,11% e a meta atuarial ficou negativa em 0,02%. A carteira de renda fixa ficou praticamente estável em junho, mas ainda acumula 4,07% positivos no ano; a renda variável registrou ganho positivo de 0,61% no mês passado e ainda acumula 7,29% no ano.

O patrimônio total consolidado da Funcesp atingiu R$ 26,24 bilhões em 30 de junho, sendo a maior parte (58,64% ou R$ 15,39 bilhões) em títulos públicos federais atrelados à inflação. O patrimônio investido em renda variável somava R$ 2,96 bilhões na mesma data, ou 11,3% do total. Meta atuarial é a rentabilidade necessária para manter o equilíbrio do patrimônio de investimentos frente aos compromissos atuais e futuros. A Funcesp usa o IGP-DI mais 0,5% ao mês como meta. “Fizemos os movimentos que precisávamos fazer no final do ano passado. Agora, estamos só observando, e fazendo ajustes pontuais.

Apesar do cenário político interno conturbado, o cenário externo está ajudando a amortecer os possíveis impactos. Acredito que nossa carteira de investimentos está relativamente protegida contra eventos de médio porte”, diz Jorge Simino Jr., diretor de investimentos da Funcesp. A Funcesp — É o maior fundo de pensão patrocinado por empresas da iniciativa privada do país, de acordo com dados da PREVIC, órgão regulador das entidades de previdência complementar.

Com recursos para investimento da ordem de R$ 27,5 bilhões, ocupa a quarta posição no ranking geral do setor por ativos de investimento. Possui 110 mil participantes de previdência – cerca de 15 mil ativos, 30 mil assistidos e 62 mil dependentes previdenciários – e opera uma folha de pagamento de benefícios de R$ 2 bilhões anual. Atualmente tem como patrocinadoras as seguintes empresas, para as quais administra benefícios de previdência e/ou saúde: Grupo AES (AES Eletropaulo, AES Tietê, TIM Celular), CESP, Grupo CPFL (CPFL Energia, CPFL Brasil, CPFL Geração, CPFL Paulista, CPFL Piratininga), CTEEP, Duke Energy, Elektro e EMAE.